Participe do nosso site!
Login:Esqueci a senha
Senha:
 
Psicologia, Psicanálise e Desenvolvimento Humano
Constelação Familiar • Hipnose • Visualização Criativa
Terapia em Grupo e Individual • Presencial e pela Internet
Cursos • Workshops
Expediente
Página inicial
Apresentação
Currículo Profissional
Na mídia...
Fale Conosco
Cadastramento
Para Você...
Artigos
Mensagens para Reflexão
Ler e Assistir na Cama
Material de Apoio aos Livros
Exercícios
Atendimentos
Psicologia
Psicanálise
Florais de Bach
Consultório Novo Equilíbrio
Consultório Virtual
Grupo de Orientação

 

Tema: Artigos

Psicoterapia é para quem Sabe o que Quer


psicoterapia

"A paz não brota da ausência de conflitos, mas da disposição de enfrentá-los" – Dan Millman

Queridos Amigos,

Existe ainda muito preconceito, quando falamos de terapia. As pessoas gostam de ler os Best-Sellers sobre auto-ajuda, temos vários. Muito lidos, por isso se tornaram tão famosos. Não podemos negar que tem o seu valor. Sem dúvida.

Mas terapia é outra coisa. Falar com um profissional qualificado e idôneo que te olhará nos olhos e te escutará com todo o interesse, servindo como facilitador para as suas descobertas, é fundamental.

Falar de psicoterapia é falar de auto-conhecimento, de conquistas, de ampliação de consciência, de processo evolutivo mesmo. Se é tão bom, porquê ainda ocorre preconceito? A falta de informação e o pré-julgamento, impedem a pessoa de vivenciar a terapia e buscar o auto-conhecimento.

O Medo.

Quem pode dizer que não tem nenhuma conversa íntima consigo mesmo e que não tenha em consequência desse bate-papo interno, grandes conflitos e dificuldades para resolução. Assumir isso nos dá medo, pois nos torna vulneráveis, fracos e incapazes. Temos que entrar em contato com o desconhecido para buscar novos recursos.

O Medo como todos sabemos é paralisante e funciona muitíssimo bem nessa situação. Melhor ficar com o conhecido, mesmo que não estejamos satisfeitos, do que ver um desconhecido refletido no espelho e se apavorar. Mesmo que esse desconhecido traga novas possibilidades, uma nova visão.

Devido a isso você vai se desgastando com problemas e frustrações sem conseguir resolvê-los. Criando traumas e entrando num círculo vicioso que atrai ainda mais dificuldades que só vem "confirmar e reafirmar" a impossibilidade de solução que você mesmo criou.

Comodismo e Imediatismo.

Mas também é próprio do ser humano um instinto de sobrevivência e preservação que nos impulsiona a querer viver sem angústia, sem ansiedade, sem o mau estar ou qualquer outro sintoma que os pensamentos, e as eternas situações repetitivas do dia-a-dia nos trazem. E o que é feito quanto a isso?

As pessoas interessam-se em saberem seu futuro, se vão casar, ter filhos, ganhar muito dinheiro. Como se estas informações fossem como num passe de mágicas trazer essa realidade no aqui e agora. Que nada mais seria preciso fazer, a não ser, sentar e aguardar. Isso só me faz perceber o quanto somos acomodados e imediatistas.

Precisamos deixar de lado esse perfil. Queremos tudo pra agora e da forma mais cômoda possível. As pessoas esquecem há quanto tempo criaram e estão carregando essas dificuldades. É necessário dispender um quantum de energia, um esforço, e não é tomando um "remediozinho" que se combate.




“Não podes crescer sem desconforto porque para crescer é necessário mudança.
Mudar significa que as coisas vão ser diferentes e quando as coisas são diferentes precisamos de nos adaptar e aprender.
Logo, quando te sentires desconfortável significa que estás a crescer.

Festeja e celebra!”

Emma-Louise Elsey



O que fazer para ter bons resultados?

Não finja que nada está acontecendo, nem tente se esconder atrás de uma máscara que impeça você e os outros de saberem quem realmente você é! Vá fundo, vá em busca da origem de sua dificuldade e a transforme!

A terapia te proporciona isso através da ampliação de consciência. Essa é uma das possibilidade de sair desse círculo que te faz revivenciar "heranças" de família que você acredita serem verdades absolutas e que te impulsionam a pegar o "caminho da roça" todos os dias. Essas crenças nos condicionam e nos limitam a fazermos sempre igual, pensarmos sempre da mesma maneira e obtermos sempre o mesmo resultado.

Não sabemos, que não sabemos.

A busca profunda de quem realmente somos, traz mudanças muito grandes. Mudar não significa deixar o que você sabe mas somar ao que vc sabe. Os ganhos nesse processo serão muitos e te impulsionarão a uma nova fase da sua vida.

Eu sei que é difícil, eu compreendo que as mudanças geram medos. Medo de perder os "afetos", medo de perder a "imagem" que você sempre passou aos outros,medo de sentir um vazio ainda maior do que já sente. Por isso, cria justificativas, que o afastam da terapia. Assim é criada a condição de vítima da própria vida ou o oposto, o do arrogante que sabe tudo e resolve tudo, sem se dar conta que de uma forma ou de outra você está negando a ajuda.

Você é o que quer ser e tem dentro de você todos os recursos necessários para o seu desenvolvimento. Se dê uma oportunidade. Permita que alguém lhe ajude a puxar as gavetas dos seus arquivos internos para ler cada ficha lá contida e verificará a quantidade de recursos que você tem e que nem fazia idéia.

Isto não significa que não haverão mais problemas, mas, sim, que você estará mais preparado para lidar com eles, através da saúde emocional, boa qualidade de vida e a auto-estima lá no céu, para enfrentar o dia-a-dia e tudo que ele trouxer.

Existem várias hipóteses para serem pensadas e analisadas em psicoterapia, existem também várias ferramentas para se atingir o objetivo. É muito importante ter um Psicólogo qualificado que o veja como um ser integral, nos aspectos físico, mental, emocional e espiritual, que o ajude a iluminar o quarto escuro que chamamos de insconsiente, com a luz da consciência, mas acima de tudo é preciso QUERER!



Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo.
Não posso abrir-lhe outro mundo de imagens, além daquele que há em sua própria alma.
Nada lhe posso dar a não ser a oportunidade, o impulso, a chave.
Eu o ajudarei a tornar visível o seu próprio mundo, e isso é tudo.

Hermann Hesse




   Comentários
Nossos leitores já fizeram 4 comentários sobre este artigo:
 

De: Iris Menezes (em 26/02/2016 - 16:03)
Perfeito.
Eu já havia procurado alguns profissionais anteriormente e não tive boas experiências, mas desta vez encontrei. (temos que tentar quantas vezes for preciso) E o mais importante é que eu mesma me impulsionei.
Parabéns pelos artigos, tenho crescido muito com seus textos, além da terapia que venho iniciando com um profissional.

Abraços.

De: Marcus Vinicius G. de Laçerda e Oliveira Santos (em 02/11/2009 - 16:24)
Excelente
Excelente artigo esse de vocês, muito bom para quem estuda psicologia, eu curso o 6. semestre na Faculdade Castro Alves, Salvador - Bahia e a página está muito bem elaborada, artigos muito interessantes e objetivos sobre Psicoterapia. Gostaria de receber os artigos anteriores no meu e-mail se possível for, para aumentar ainda mais meu conhecimento.
Att
Marcus Vinicius Santos

De: Beth (em 18/04/2009 - 19:00)
Olá Antonio,
Muito obrigada pelo seu depoimento e opinião. Mas devo dizer que o medo não é somente negativo. Como tudo na vida, tbém tem o seu lado bom. O medo nos ajuda tbém a nos porteger de coisas perigosas. O medo tbém é coisa do momento presente, depende do medo que estamos falando. Mas esse assunto é longo...se quiser falar mais, fique a vontade me mandando um email. Abraço carinhoso...

De: Antonio Rezende Filho (em 05/02/2008 - 00:17)
Medo
Observei que quase todo esse artigo gira em torno de insegurança e medo.
Desculpando-me pela ousadia por ser um leigo, gostaria de lembrar que "medo" é coisa ou sintoma de futuro e nunca do momento presente.
Somos envolvidos pelo negativismo e insegurança que nao percebemos o mal que esta palavra tao pequena, causa em nós.
Acredito, pela experiencia de vida, que em primeiro plano, é bom descartar essa palavra de nosso dicionario e vida.
Com já me expressei anteriormente gosto de seus artigos e como expressa.
Parabéns!
Att,
Antonio Rezende

INCLUA UM COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO

• Para postar o comentário é necessário ser cadastrado no site e estar logado.


Mais tópicos relacionados:

ACONSELHAMENTO TERAPÊUTICO ON-LINE

Psiquiatria

Atitudes Transformadoras

Personalidade Construtora & Personalidade Destruidora

Desconstruções

Os problemas estão dentro ou fora de você?

Floral de Bach

Dicas para um Bom Relacionamento

Stress

Tensão Pré-Menstrual (TPM)

Dicas para deixar de fumar

Auto-Estima

Como está sua Auto-estima?

O Círculo Vicioso do Amor Imaturo

Repressão, Resistência e Ato Falho
Escondido, mas nem tanto...

Integração das Partes

Dinâmica das Partes

Esclarecimentos sobre Psicoterapia

Afirmações Positivas.......funcionam?

O Poder das Afirmações Positivas

Porque não comer carne?

As 5 Fases para a Realização do seu Projeto de Ano Novo

Dicas para o Controle de um Ataque de Ansiedade e/ou Pânico

Síndrome do Pânico

A Diferenciação das Consciências

Carência Afetiva, Autoestima e Simbiose nos Relacionamentos

Vítima eu ???

Forma-Pensamento

Constelação Sistêmica Familiar e Organizacional

Freud - A estrutura e a dinâmica da personalidade - Id, Ego e Superego

Autoconhecimento:
Fator Fundamental para o Sucesso!

A DOR DA SEPARAÇÃO - Enfrentando - Compreendendo - Superando

O LADO SOMBRA DA PERSONALIDADE

Complexo de Inferioridade, Aprofundamento e Reflexão

A Ansiedade e as Crenças

Razão e Emoção

Um Novo Olhar Sobre si Mesmo

Coaching ou Psicoterapia?

O Retrato da Vida na Terapia de Grupo

Dicas para deixar a Preguiça de lado e entrar em Ação

Psicoterapia é para quem Sabe o que Quer

O MAL-ESTAR NA CIVILIZAÇÃO

O Amor e os Relacionamentos

Grupo de Orientação Psicanalítica

Minha Vida Parou! - Reflexão e Exercício

Problemas no Relacionamento?! O que eu faço???

A Arte como Autoconhecimento

Qual é a Diferença entre Psiquiatra, Psicólogo e Psicanalista?


Novo Equilíbrio - Tel.: (11) 2605-3166 - E-mail: contato@novoequilibrio.com.br