Participe do nosso site!
Login:Esqueci a senha
Senha:
 
Psicologia, Psicanálise e Desenvolvimento Humano
Constelação Familiar • Hipnose • Visualização Criativa
Terapia em Grupo e Individual • Presencial e pela Internet
Cursos • Workshops
Expediente
Página inicial
Apresentação
Currículo Profissional
Na mídia...
Fale Conosco
Cadastramento
Para Você...
Artigos
Mensagens para Reflexão
Ler e Assistir na Cama
Material de Apoio aos Livros
Exercícios
Atendimentos
Psicologia
Psicanálise
Florais de Bach
Consultório Novo Equilíbrio
Consultório Virtual
Grupo de Orientação

 

Tema: Artigos

Dinâmica das Partes


Atualmente é bastante popular o trabalho com a criança interior, e o conceito da criança como parte de nós mesmos, que precisa de alguns cuidados, como carinho e proteção. Esse entendimento vem ajudando muitas pessoas a curar algumas memórias passadas na infância, tornando-as mais felizes e mais espontâneas em suas vidas.

A "Dinâmica das Partes", trata exatamente deste conceito, mas mais amplo e completo, onde veremos que cada um de nós é uma combinação de subpersonalidades passíveis de mudança, mas que guardam velhos conceitos e convicções (crenças) que criam a sua realidade, nas suas atividades diárias, nas relações, no trabalho e até no campo da saúde.

Cada pessoa cria para si papéis sociais que se tornam partes de sua personalidade e que contêm aspectos desenvolvidos de acordo com suas crenças e por isso acabam polarizando, (tendência a enxergar as coisas como pretas ou como brancas, impedindo de ver os vários matizes de cores existentes), por não entrarem em contato com a sua sombra (potenciais rejeitados pelo nosso lado consciente).

Os papéis sociais que aqui falamos são aqueles já conhecidos por nós como o de filho, como pai, mãe, profissional, etc. Constantemente, nos encontramos num grande jogo de forças interiores, onde cada uma dessas partes quer o controle da nossa vida, como num barco onde os tripulantes querem tirar o controle da mão do capitão e decidir o rumo da navegação.

Algumas vezes (na maioria), aquilo que queremos e verbalizamos conscientemente entra em conflito direto com elementos inconscientes e acabamos criando resistências que distroem as possibilidades de realizar aquilo que desejamos.

O incosnciente é muito complexo e se o entendermos como sendo composto por essas subpersonalidades que tem cada uma delas os seus desejos, temores e resistências próprias bem definidos, fica mais fácil compreender o porquê de muitas vezes querermos algo muito e não fazermos nada prático para realizar.

São partes nossas que estão em conflito, brigando entre si, uma por querer e a outra por não concordar, trazendo ao processo de realização medos, estagnação, desânimo, falta de energia, etc.

Conforme tomamos consciência de todos estes aspectos e harmonizamos as várias partes de nós mesmos, (crença, sombra, polaridade, papeis que estão em conflito e o que está dominando), percebemos que a situação se torna menos perturbadora e conseguimos a partir daí agir com equilíbrio, harmonia e sabedoria.

Como harmonizar as partes?

Quando encontramos duas pessoas brigando, disputando o poder e percebemos que por isso nenhuma decisão é tomada, se temos liberdade para tanto, interfirimos promovendo um diálogo mais tranquilo, fazendo propostas de acordos para limpar o caminho das "marras" para a realização dos desejos.

Assim também é feito para reconciliar as nossas partes que estão em conflito. Interferindo conscientemente vamos propôr um diálogo interno mais amigável e sugestões que viabilizem a caminhada até a realização do desejo.

Pode parecer muito simplista a idéia que mudando a sua mente (as partes), você poderá viver, sorrir e amar, mas é certo que podemos alterar as nossas vidas. As paisagens externas refletem a sua batalha interior.

Trabalhando com as suas subpersonalidades, criando uma paz interna, você verá que a vida exterior irá se transformar. O seu mundo exterior reflete e devolve o que você mantêm como pensamento e convicção interior. Cada uma das subpersonalidades pensa que está fazendo algo por você, criando uma solução para um problema, mas essa solução pode simplesmente estar criando um problema diferente.

Isso não é mágica é auto-boicote mesmo! Através das suas próprias convicções e crenças você vai pensando e tomando as atitudes mais convenientes e que te tragam a proteção que você precisa inconscientemente.

É sabido que agimos em nossas vidas usando somente 5% de consciência, os outros 95% estão inconscientes, na sombra. Somos na maior parte do tempo conduzidos, sem que percebamos por estes conteúdos que não nos damos conta. Com a técnica da reconciliação, vamos ampliando nosso lado consciente, tirando das sombras vários recursos e aspectos e trazendo-os a luz. Reflita sobre isso e coloque em prática.

   Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro a comentar este artigo!!
Os comentários são moderados, serão analisados pela nossa equipe antes da publicação.


Mais tópicos relacionados:

ACONSELHAMENTO TERAPÊUTICO ON-LINE

Psiquiatria

Atitudes Transformadoras

Personalidade Construtora & Personalidade Destruidora

Desconstruções

Os problemas estão dentro ou fora de você?

Floral de Bach

Dicas para um Bom Relacionamento

Stress

Tensão Pré-Menstrual (TPM)

Dicas para deixar de fumar

Auto-Estima

Como está sua Auto-estima?

O Círculo Vicioso do Amor Imaturo

Repressão, Resistência e Ato Falho
Escondido, mas nem tanto...

Integração das Partes

Dinâmica das Partes

Esclarecimentos sobre Psicoterapia

Afirmações Positivas.......funcionam?

O Poder das Afirmações Positivas

Porque não comer carne?

As 5 Fases para a Realização do seu Projeto de Ano Novo

Dicas para o Controle de um Ataque de Ansiedade e/ou Pânico

Síndrome do Pânico

A Diferenciação das Consciências

Carência Afetiva, Autoestima e Simbiose nos Relacionamentos

Vítima eu ???

Forma-Pensamento

Constelação Sistêmica Familiar e Organizacional

Freud - A estrutura e a dinâmica da personalidade - Id, Ego e Superego

Autoconhecimento:
Fator Fundamental para o Sucesso!

A DOR DA SEPARAÇÃO - Enfrentando - Compreendendo - Superando

O LADO SOMBRA DA PERSONALIDADE

Complexo de Inferioridade, Aprofundamento e Reflexão

A Ansiedade e as Crenças

Razão e Emoção

Um Novo Olhar Sobre si Mesmo

Coaching ou Psicoterapia?

O Retrato da Vida na Terapia de Grupo

Dicas para deixar a Preguiça de lado e entrar em Ação

Psicoterapia é para quem Sabe o que Quer

O MAL-ESTAR NA CIVILIZAÇÃO

O Amor e os Relacionamentos

Grupo de Orientação Psicanalítica

Minha Vida Parou! - Reflexão e Exercício

Problemas no Relacionamento?! O que eu faço???

A Arte como Autoconhecimento

Qual é a Diferença entre Psiquiatra, Psicólogo e Psicanalista?


Novo Equilíbrio - Tel.: (11) 2605-3166 - E-mail: contato@novoequilibrio.com.br