Participe do nosso site!
Login:Esqueci a senha
Senha:
 
Psicologia, Psicanálise e Desenvolvimento Humano
Constelação Familiar • Hipnose • Visualização Criativa
Terapia em Grupo e Individual • Presencial e pela Internet
Cursos • Workshops
Expediente
Página inicial
Apresentação
Currículo Profissional
Na mídia...
Fale Conosco
Cadastramento
Para Você...
Artigos
Mensagens para Reflexão
Ler e Assistir na Cama
Material de Apoio aos Livros
Exercícios
Atendimentos
Psicologia
Psicanálise
Florais de Bach
Consultório Novo Equilíbrio
Consultório Virtual
Grupo de Orientação

 

Tema: Mensagens

O Vaso de Porcelana


O vaso de porcelana

Um Grande Mestre e um Guardião se dividiam na administração de um Monastério Zen. Certo dia o Guardião morreu e foi preciso substituí-lo.

O Grande mestre então reuniu todos os discípulos para escolher quem tería a honra de trabalhar diretamente ao seu lado nos cuidados do Monastério. E começou sua seleção passando um teste:

- Vou apresentar a vocês um problema. Disse o Grande Mestre.

- E aquele que resolver primeiro, será o novo Guardião do Templo.

Terminado seu curto discurso, colocou um banquinho no centro da sala e em cima colocou um lindo Vaso de Porcelana, seguramente caríssimo, e uma linda rosa o decorava.

- Este é o problema. Resolvam-no! Disse o Grande Mestre.

Os discípulos contemplaram perplexos o "problema", os mínimos detalhes não passaram despercebidos aos olhos dos discípulos, viram os desenhos sofisticados e raros em ouro sobre a porcelana, a frescura e a elegância da rosa, mas o que representava aquilo? O que fazer? Qual sería o enigma?

Passou o tempo sem que ninguém fizesse nada além de contemplar o "problema", até que um dos discípulos se levantou, olhou seu Grande Mestre e os alunos, caminhou resolutamente até o Vaso de Porcelana e sem pestanejar atirou-o ao solo, destuindo-o!

- Enfim alguém tomou uma atitude! Exclamou o Grande Mestre.

- Eu começava a duvidar da formação que eu lhes dei durante todos estes anos! Você é o novo Guardião! Então o Grande Mestre explicou:

- Eu fui bem claro: - Disse que vocês estavam diante de um "problema". Então aprendam ... Não importa quão belo e fascinante seja um problema, ele tem que ser eliminado.

- Um problema é sempre um problema, ele pode ser um Vaso de Porcelana muito caro, um Grande Amor que já não tem sentido, um Caminho Florido, mas que precisa ser abandonado.

Por mais que insistimos em mantê-lo, porque nos trazem conforto, só existe uma maneira de lidar com um "problema", que é atacando-o de frente.

Nestas horas não pode existir piedade, nem protelação, recorda que é um "problema" e o trate como tal. Não fujas dele ... Acabe com ele!

E desse momento em diante desfrute da vida que continua, que é linda e que vale à pena ... Agora um pouco mais forte e mais sábio do que antes!





   Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro a comentar este artigo!!
Os comentários são moderados, serão analisados pela nossa equipe antes da publicação.


Mais tópicos relacionados:

Amizades

A mulher independente assusta o homem?

Manter o amor

O bobo

Revolução da Alma

O Monge e o Escorpião

Quando...

Receita da Dª Helena

Atitude é tudo

Opções

Roupa suja

Uma lição com a cenoura, o ovo e o café

Os sons da Floresta

Momento de Reflexão

Sucesso... será ainda possível?

A Verdadeira Liberdade

A Pedra no Caminho

Sabedoria

Oportunidades

Você decide...

Um Lindo Jardim

Visão Ampla ou Restrita

Confie e Entregue

Para a vida se tornar mais fácil de ser vivida

O Vaso de Porcelana

Conhecimento ou Criatividade?

Sustentação da Auto-Estima

Cuida do que é mais Importante

Céu ou Inferno?

Nó de Afeto

Você é um Construtor de Cercas ou Pontes?

Ação e Reação

Poema da Gratidão

Fundo do Poço

Sorte ou Azar

A Mais Bela Flor

O Gole D’agua

Regras para se tornar um Ser Humano

Riqueza Interior

Renascer

Onde quer que eu esteja

Sermão do Despertar Interior

Mensagem de Vida

Está passando por uma tempestade...

Valorize o que você tem...

Miolo do Pão

DE HOJE EM DIANTE

Cinco Minutos

Copo de Água

Bem que eu mereço...

O Mito de Sísifo

Culto ao Sofrimento

QUASE ACREDITEI

Passeio Socrático

Amar é uma decisão

Tira o Bode da Sala!

A ILHA (uma fábula sobre o autoconhecimento)

O Mito da Caverna de Platão

Kintsukuroi - A Valorização das Experiências

TAO - A Sabedoria do Silêncio


Novo Equilíbrio - Tel.: (11) 2605-3166 - E-mail: contato@novoequilibrio.com.br