Participe do nosso site!
Login:Esqueci a senha
Senha:
 
Psicologia, Psicanálise e Desenvolvimento Humano
Constelação Familiar • Hipnose • Visualização Criativa
Terapia em Grupo e Individual • Presencial e pela Internet
Cursos • Workshops
Expediente
Página inicial
Apresentação
Currículo Profissional
Na mídia...
Fale Conosco
Cadastramento
Para Você...
Artigos
Mensagens para Reflexão
Ler e Assistir na Cama
Material de Apoio aos Livros
Exercícios
Atendimentos
Psicologia
Psicanálise
Florais de Bach
Consultório Novo Equilíbrio
Consultório Virtual
Grupo de Orientação

 

Tema: Mensagens

O Monge e o Escorpião


Um monge e seus discípulos iam por uma estrada e, quando passavam por uma ponte, viram um escorpião sendo arrastado pelas águas.

O monge correu pela margem do rio, meteu-se na água e tomou o bichinho na mão. Quando o trazia para fora, o bichinho o picou e, devido à dor, o homem deixou-o cair novamente no rio.

Foi então à margem, tomou um ramo de árvore, adiantou-se outra vez a correr pela margem, entrou no rio, colheu o escorpião e o salvou.

Voltou o monge e juntou-se aos discípulos na estrada. Eles haviam assistido à cena e o receberam perplexos e penalizados.

- Mestre, deve estar doendo muito! Por que foi salvar esse bicho ruim e venenoso? Que se afogasse! Seria um a menos! Veja como ele respondeu à sua ajuda! Picou a mão que o salvara! Não merecia sua compaixão!

O monge ouviu, tranqüilamente, os comentários e respondeu:

- Ele agiu conforme sua natureza, e eu de acordo com a minha!

   Comentários
Nossos leitores já fizeram 1 comentário sobre este artigo:
 

De: glaucia seger (em 10/10/2014 - 11:42)
Questão de percepção...
Antes de ler o final da reflexão, pensei que a moral do texto seria não desistirmos de ajudar, mas procurar o meio mais adequado para isso, respeitando a individualidade de cada um. E fiquei surpresa quando a mensagem era outra! Como a experiência pessoal pode levar a interpretações diferentes da mesma situação...Que bom, não sermos tão previsíveis o tempo todo! No final, uma reflexão levou a outra! Que maravilha!

INCLUA UM COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO

• Para postar o comentário é necessário ser cadastrado no site e estar logado.


Mais tópicos relacionados:

Amizades

A mulher independente assusta o homem?

Manter o amor

O bobo

Revolução da Alma

O Monge e o Escorpião

Quando...

Receita da Dª Helena

Atitude é tudo

Opções

Roupa suja

Uma lição com a cenoura, o ovo e o café

Os sons da Floresta

Momento de Reflexão

Sucesso... será ainda possível?

A Verdadeira Liberdade

A Pedra no Caminho

Sabedoria

Oportunidades

Você decide...

Um Lindo Jardim

Visão Ampla ou Restrita

Confie e Entregue

Para a vida se tornar mais fácil de ser vivida

O Vaso de Porcelana

Conhecimento ou Criatividade?

Sustentação da Auto-Estima

Cuida do que é mais Importante

Céu ou Inferno?

Nó de Afeto

Você é um Construtor de Cercas ou Pontes?

Ação e Reação

Poema da Gratidão

Fundo do Poço

Sorte ou Azar

A Mais Bela Flor

O Gole D’agua

Regras para se tornar um Ser Humano

Riqueza Interior

Renascer

Onde quer que eu esteja

Sermão do Despertar Interior

Mensagem de Vida

Está passando por uma tempestade...

Valorize o que você tem...

Miolo do Pão

DE HOJE EM DIANTE

Cinco Minutos

Copo de Água

Bem que eu mereço...

O Mito de Sísifo

Culto ao Sofrimento

QUASE ACREDITEI

Passeio Socrático

Amar é uma decisão

Tira o Bode da Sala!

A ILHA (uma fábula sobre o autoconhecimento)

O Mito da Caverna de Platão

Kintsukuroi - A Valorização das Experiências

TAO - A Sabedoria do Silêncio


Novo Equilíbrio - Tel.: (11) 2605-3166 - E-mail: contato@novoequilibrio.com.br